Recursos

Maria Imaculada: Rainha, Mãe e Padroeira

No dia 8 de Dezembro a Igreja Católica celebra a festa da Imaculada Conceição, venerada como Rainha, Mãe e Padroeira de todos os fiéis.

Paloma López Campos-8 de Dezembro de 2022-Tempo de leitura: 3 acta
Imaculada Conceição Peru

Catedral da Imaculada Conceição no Peru (Foto: Unsplash / Eduardo Flores)

O Imaculada Conceição é um dogma de fé proclamado pelo Papa Pio IX no ano de 1854, no touro Ineffabilis Deus. Neste documento, a Igreja reconheceu oficialmente que a Virgem Maria foi preservada do pecado original no momento da sua concepção, em virtude dos méritos do seu Filho.

Embora tenha levado muitos séculos para que o dogma fosse declarado, os fiéis defenderam a concepção imaculada da Virgem Maria desde o início das comunidades cristãs. Santa Maria. Isto é demonstrado pela devoção que muitos países do mundo sentem por esta invocação da Virgem.

Maria Imaculada no mundo

A Imaculada Conceição é a santa padroeira da Guatemala e da América Central (NicaráguaBelize, Belize, Costa Rica, El Salvador, Honduras, e Panamá), e o seu patrocínio estende-se também aos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão. Bogotá, a capital da Colômbia, está também sob a sua protecção especial.

8 de Dezembro é feriado bancário em muitos lugares, tais como Chile, Colômbia, Nicarágua, Panamá, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal e Espanha. Além disso, no Panamá também celebram o Dia da Mãe no dia da Imaculada Conceição, uma bela coincidência em alusão à Mãe de Deus.

Segundo Abelardo Rivera, correspondente de Omnes na Costa Rica, a festa da Imaculada Conceição tem sido um preceito no país há apenas alguns anos, tendo sido declarada pela Conferência Episcopal em 2011. Apesar de ser um preceito, desde os anos 90 já não existe uma festa civil, uma vez que estas celebrações foram eliminadas de muitos festivais cristãos, incluindo o Dia de S. José (19 de Março).

Em Espanha, a Imaculada Conceição tem sido a padroeira da Infantaria do Exército desde 1892, embora já no século XVI, de forma não oficial, tenha sido considerada como tal pelas unidades militares. O Corpo Geral do Estado Maior, o Corpo Jurídico Militar, os Capelães Militares, a Farmácia Militar e o Corpo Veterinário Militar também têm o patrocínio da Virgem. Esta relação entre os militares e a Virgem Maria remonta a muitos anos atrás na história do país.

O milagre do Empel

A 7 de Dezembro de 1585, o tercio espanhol (hoje Infantaria) comandado por Francisco Arias de Bobadilla, enfrentou rebeldes dos Países Baixos, liderados pelo Almirante Filipe de Hohenlohe-Neuenstein. Os soldados espanhóis estavam rodeados pelos seus adversários e estavam completamente desprovidos de comida e roupa seca para enfrentar o tempo frio na ilha de Bommel (Países Baixos). O almirante holandês propôs a rendição aos tercios espanhóis, que se recusaram a capitular. Face a esta resposta, o exército holandês iniciou uma estratégia que levaria inevitavelmente à derrota dos espanhóis: ordenaram a abertura dos diques na área, inundando o acampamento inimigo e eliminando os poucos abastecimentos restantes. 

O Tercio Viejo de Zamora teve de procurar refúgio no monte Empel, o único lugar que não tinha sido coberto pela água dos rios. Ao escavar as trincheiras, um soldado descobriu uma tábua de madeira enterrada: era uma imagem da Virgem Maria para a qual construíram um altar improvisado. Maestre Bobadilla encorajou os soldados a renovar os seus espíritos, pois considerava a descoberta um sinal de protecção divina. 

Nessa noite estava tão frio que a água congelou e os espanhóis puderam caminhar sobre o gelo até chegarem ao acampamento inimigo e atacaram quando o exército holandês não estava à espera disso. O tercio alcançou a vitória ao amanhecer do dia 8. Nesse mesmo dia, a Infantaria proclamou a Virgem Imaculada sua padroeira.

A Imaculada Conceição na Igreja Católica

A Imaculada Conceição tem sido controversa nos últimos anos, embora no início do cristianismo os fiéis tenham podido reconhecer na Virgem Maria a graça especial que lhe foi concedida. Os Papas também quiseram unir-se a esta devoção especial a Maria. Assim, São João Paulo IINuma catequese sobre a Imaculada Conceição em 1996, ele disse: "o dogma da Imaculada Conceição de Maria não ofusca, mas contribui de forma admirável para realçar mais claramente os efeitos da graça redentora de Cristo na natureza humana".

Bento XVI, em 2007, pronunciou estas palavras na festa que hoje celebramos: "Mais uma vez, neste dia solene, a Igreja aponta o mundo a Maria como sinal de esperança segura e da vitória definitiva do bem sobre o mal. Aquela que invocamos como cheio de graça lembra-nos que somos todos irmãos e irmãs e que Deus é nosso Criador e nosso Pai. Sem ele, ou pior, contra ele, nós homens nunca seremos capazes de encontrar o caminho que leva ao amor, nunca seremos capazes de derrotar o poder do ódio e da violência, nunca seremos capazes de construir uma paz estável. 

Pela sua parte, a Papa FranciscoEle disse esta frase simples e reveladora sobre esta invocação da Virgem: "A Imaculada Conceição é o fruto do amor de Deus que salva o mundo".

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Mais sobre Omnes
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.