Semear a esperança. "Um povo alegre no sofrimento".

1 de Outubro de 2017-Tempo de leitura: < 1 minuto

O Papa descoberto em colombianos "uma força vital". para responder aos problemas da violência e do "flagelo". tráfico de droga.

O golpe para o popemobile O Papa Francisco sofreu em Cartagena, que foi feltro milhões de colombianos que durante cinco dias tinham seguido os seus passos, gestos e palavras. O incidente causou-lhe uma pequena ferida na sobrancelha e um hematoma na face esquerda, mas nada disto parou o seu ritmo. Ele foi rapidamente atendido e prosseguiu com a sua agenda planeada. Foi mais uma lição de força e dedicação que ele deixou na Colômbia.

Dois dias após o seu regresso a Roma, a 13 de Setembro, apareceu na audiência geral de quarta-feira com um olho negro e um osso do rosto machucado. Aí agradeceu aos colombianos pelo seu caloroso acolhimento e afecto. "Um povo alegre no meio de tanto sofrimento, mas um povo alegre; um povo com esperança".

Espero que o Papa tenha podido observar entre o povo que ouviu e saudou em Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena. Foi assim que ele o recordou na audiênciaUma das coisas que me impressionou em todas as cidades, na multidão, foram os pais e mães com filhos, segurando os filhos para que o Papa os abençoasse, mas também ensinando com orgulho.... Texto completo apenas para subscritores.

Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.