Vaticano

Um presépio do Peru e uma árvore do Trentino para o Natal no Vaticano

Este Natal, o presépio na Praça de São Pedro virá do Peru para comemorar o 200º aniversário da independência do país. O tradicional abeto, por outro lado, virá do Trentino em Itália.

Giovanni Tridente-2 de Novembro de 2021-Tempo de leitura: 2 acta
natal no vaticano

Foto: ©2021 Catholic News Service / U.S. Conference of Catholic Bishops.

A "natividade" que será instalada este ano na Praça de São Pedro para as celebrações de Natal virá do Peru. Em particular dos Andes, da aldeia de Chopcca, uma comunidade dentro do departamento de Huancavelica.

O presépio andino pretende comemorar o 200º aniversário da independência do país e reproduzirá uma amostra da vida dos povos dessas terras, para simbolizar o apelo universal à salvação, "na medida em que o Filho de Deus se encarnou para salvar todos os homens e mulheres da terra, independentemente da língua, povo, cultura ou nação a que pertençam", lê a declaração emitida pela Cidade do Vaticano.

O presépio, que será inaugurado na Praça de São Pedro na sexta-feira 10 de Dezembro às 17:00, é fruto da colaboração entre a Conferência Episcopal do Peru, a Diocese de Huancavelica, o governo regional, o Ministério do Comércio Exterior e Turismo, o Ministério das Relações Exteriores e a Embaixada do Peru junto da Santa Sé.

As estátuas do presépio, incluindo os Três Reis Magos e os pastores, serão em tamanho real; serão feitas de cerâmica, madeira de maguey e fibra de vidro e serão vestidas com trajes tradicionais de Chopcca. Esta é uma comunidade local de língua quechua com pouco mais de 10.000 habitantes, vivendo a uma altitude entre 3.680 e 4.500 metros acima do nível do mar, numa área atravessada pelo Qhapaq Ñan, conhecida como Trilha Inca.

Diz-se que Jesus terá o aspecto de uma criança "Hilipuska", cujo nome é porque será embrulhado num cobertor típico de Huancavelica. Os Três Reis Magos carregarão alforges e sacos com comida típica da região, como batatas, quinoa, cañihua, e serão acompanhados por lhamas, que carregarão a bandeira peruana nas costas.

Vários animais pertencentes à fauna andina, tais como alacas, vicunhas, ovelhas, vizcachas, parihuanas e o condor andino, símbolo do país, terão também um lugar no presépio.

Quanto à árvore que será instalada junto ao presépio, ela virá do Trentino em Itália, especificamente de Andalo, no distrito Dolomita de Paganella. Será um abeto de cerca de 28 metros, fornecido pela Gestão Florestal Sustentável local, que será também responsável pelas decorações, que serão feitas de madeira.

Na Sala Paulo VI, local das audiências gerais de quarta-feira, será instalado outro presépio, preparado pelos jovens da paróquia de São Bartolomeu Apóstolo em Gálio, na província de Vicenza e diocese de Pádua. Os jovens foram inspirados por uma estrutura rústica na zona, utilizada como abrigo para animais, vulgarmente conhecida como um "estaleiro".

Na manhã de 10 de Dezembro, as delegações que trabalharam na assembleia dos presépios e da árvore serão recebidas em audiência pelo Papa Francisco; as cenas permanecerão expostas até ao final da época natalícia, na festa do Baptismo do Senhor, domingo 9 de Janeiro de 2022.

Leia mais
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.