Cultura

Os jovens celebram a Ressurreição de Cristo com um concerto

No dia 6 de abril, realizar-se-á um concerto para celebrar a Ressurreição de Cristo. O evento terá lugar às 18h30 na Praça de Cibeles, em Madrid.    

Loreto Rios-31 de março de 2024-Tempo de leitura: 2 acta

Cartaz do 2º Festival da Ressurreição

Pelo segundo ano consecutivo, a Associação Católica de Propagandistas organiza o Festival da Ressurreição, um macro-concerto com um importante alinhamento de artistas convidados. A primeira edição, que teve lugar em 2023, reuniu mais de 60 000 participantes, muito mais do que o esperado.

"Só podemos concluir que o balanço desde o ano passado foi muito positivo", disse Pablo Velasco, secretário de comunicação da Associação Católica de Propagandistas, ao Omnes. "Foi um evento muito especial e nunca tínhamos organizado nada do género. Tínhamos um enorme grau de incerteza devido à nossa inexperiência. O que sabíamos era que o que queríamos era celebrar a ressurreição do Senhor no centro de Madrid e convidar todos os que quisessem participar nessa alegria".

A ideia de organizar este concerto surgiu, acrescenta, para celebrar a alegria cristã da ressurreição, e é uma iniciativa que "responde à própria essência da Associação Católica de Propagandistas. O nosso carisma reside na presença de Cristo na vida pública. O objetivo da festa da Ressurreição é basicamente celebrar o acontecimento mais importante da história".

Este evento parece ter "vindo para ficar", como afirmou recentemente Alfonso Bullón de Mendoza, presidente da Associação Católica de Propagandistas. Este ano, o concerto do II Festival da Ressurreição está marcado para 6 de abril, às 18h30, na Plaza Cibeles, em Madrid, e contará com a participação, entre outros, do grupo Modestia Aparte, de Marília (que fez parte do conhecido duo musical Ella Baila Sola), do Padre Guilherme (o padre DJ português das JMJ), do DJ El Pulpo (o padre DJ português das JMJ) e do DJ espanhol El Pulpo, Hakuna, Juan Peña y Esténez (Guillermo Esteban, anteriormente Grílex).

Haverá também a participação do grupo cristão Adoração HTBA ressurreição é uma festa partilhada por todas as confissões cristãs, e a intenção é que todos os cristãos a possam celebrar em conjunto. No entanto, não são apenas os crentes que são convidados para este concerto, mas todos os que queiram assistir: "É uma festa aberta a toda a gente. Precisamente esta caraterística é essencial para todos os católicos", afirma Pablo Velasco.

Porque, como Marília, ex-integrante da banda Ella Baila Sola, disse recentemente a propósito deste evento, a música "une toda a gente", independentemente das suas crenças, e "o amor está acima de tudo".

Guillermo Esteban foi da mesma opinião, tendo afirmado na conferência de imprensa de promoção deste evento que "as coisas funcionam com amor", enquanto Hakuna salientou que a música "passa de coração para coração", pelo que não é necessário partilhar as mesmas crenças para a apreciar.

Por isso, esta festa, diz Pablo Velasco, é "uma oportunidade para celebrar, para partilhar esta grande alegria. É também um bom momento para convidar amigos e uma boa ocasião para provocar conversas importantes". "Vendo como correu no ano passado, não o perderia", conclui.

Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.