Vaticano

Carlo Acutis será canonizado

O Dicastério para as Causas dos Santos reconheceu um milagre atribuído a Carlo Acutis. Por isso, o jovem apóstolo da Internet será canonizado. A notícia vem na sequência do reconhecimento de milagres efectuados por intercessão de outros beatos e servos de Deus, entre os quais dois mártires.

Paloma López Campos-23 de maio de 2024-Tempo de leitura: 2 acta
Carlo Acutis

Beato Carlo Acutis (CNS photo / courtesy Sainthood Cause of Carlo Acutis)

Numa decreto publicado pelo Dicastério para as Causas dos Santos, o Vaticano confirma o milagre realizado por intercessão do Beato Carlo Acutis. Com isto, a canonização do apóstolo da Internet, conhecido pelo seu amor à Eucaristia, é agora possível.

Carlo Acutis e a sua autoestrada para o céu

Carlo nasceu em Londres em 1991 e morreu em 2006 de leucemia. Apesar da sua tenra idade, desenvolveu um apostolado na Internet que chegou a milhares de pessoas, a quem falava da Eucaristia. Considerava Jesus no Santíssimo Sacramento "uma autoestrada para o Céu" e morreu com fama de santidade. Não é de estranhar, portanto, que o Papa Francisco o tenha proclamado venerável já em 2018.

Pouco tempo depois, em 2020, o Pontífice beatificou Carlo Acutis na Basílica de São Francisco de Assis. Quatro anos mais tarde, outro milagre realizado graças à sua intercessão levou o Vaticano a dar o passo para a canonização do jovem.

Segundo o decreto do Dicastério, o Papa Francisco convocou um consistório para discutir "a canonização dos Beatos Giuseppe Allamano, Marie-Léonie Paradis, Elena Guerra e Carlo Acutis".

Próximos santos

Giuseppe Allamano foi um sacerdote italiano, falecido em 1926. Fundou as congregações religiosas dos Missionários da Consolata e das Irmãs Missionárias da Consolata. Em 1990, o Papa São João Paulo II celebrou a sua beatificação e agora será elevado aos altares graças a outro milagre reconhecido pelo Vaticano.

Marie-Léonie Paradis é também a fundadora de uma congregação, as Pequenas Irmãs da Sagrada Família. Esta freira canadiana morreu na mesma noite em que recebeu a notícia da aprovação da regra da congregação, depois de décadas a trabalhar para ajudar os padres juntamente com as suas irmãs.

Elena Guerra é uma religiosa a quem o Papa João XXIII chamou "a apóstola do Espírito Santo nos tempos modernos". Fundou a congregação das Irmãs Oblatas do Espírito Santo, também conhecidas como Zitinas. O Dicastério para as Causas dos Santos reconheceu o milagre atribuído à sua intercessão em 13 de abril de 2024.

Mártires, sacerdotes e leigos

O decreto publicado pela Sala Stampa reconhece também um milagre por intercessão do venerável Servo de Deus Giovanni Merlini, um sacerdote italiano do século XIX. O decreto assinala ainda as virtudes heróicas do Servo de Deus Guglielmo Gattiano, sacerdote capuchinho falecido em 1999.

Por outro lado, o Dicastério reconhece as virtudes heróicas de dois leigos: Ismael Molinero Novillo, um espanhol que morreu de tuberculose durante a guerra civil; e Enrico Medi, um físico italiano conhecido pelo seu trabalho no campo da popularização.

Além disso, o Dicastério para as Causas dos Santos menciona o martírio de um sacerdote diocesano e de uma leiga. O primeiro, Estanislau Kostka Streich, nasceu em 1902 na Polónia e morreu aos 36 anos, martirizado pela sua fé no seu próprio país. Do mesmo modo, a Serva de Deus Maria Madalena Bódi morreu mártir aos 24 anos de idade, na Hungria.

Leia mais
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.
Banner publicitário
Banner publicitário