Artigos

Os católicos do Paquistão poderão em breve contar com o seu primeiro santo

Akash Bashir, um jovem que impediu um bombista suicida de entrar numa igreja, poderia ser o primeiro santo do Paquistão.

Maria José Atienza-20 de Abril de 2022-Tempo de leitura: 2 acta
bashir

Texto original do artigo em espanhol aqui
Tradução: Martyn Drakard

A Igreja Católica no Paquistão poderia contar com o primeiro santo de sempre do seu país. Pensa-se que o número de cristãos no Paquistão, que é um Estado oficialmente islâmico, seja inferior a dois por cento.

As denominações cristãs aí existentes são alvos frequentes de ataques, chicoteados pelo flagelo do terrorismo por diferentes grupos extremistas. No Paquistão, o simples facto de ser cristão faz de nós um "cidadão de segunda classe".

 Em 2015, Akash Bashir impediu um bombista suicida de entrar na igreja de São João em Youhanabad, na diocese de Lahore.

Akash Bashir nasceu no dia 22nd Junho de 1994 em Risalpur, na província de Nowshera Khyber Pakhtun Khwa. Bashir foi estudante no Instituto Técnico Dom Bosco de Lahore e foi muito activo entre os jovens da paróquia de São João.

Em 15th Março de 2015, enquanto vigiava à porta da igreja, reparou num homem a tentar entrar na igreja com explosivos amarrados ao seu corpo. Akash colocou os seus braços à volta do homem para o impedir de entrar no edifício, impedindo assim a sua tentativa de massacrar os fiéis dentro da igreja.

O atacante, membro do Tehreek-e-Taliban Jamaatul Ahraar, um grupo separatista dos Taliban, explodiu-se a si próprio, juntamente com o jovem, Akash Bashir. As últimas palavras de Bashir foram: "Morrerei, mas não vos permitirei entrar".

Quinze outras pessoas morreram com ele e mais de setenta ficaram feridas. Ao mesmo tempo, os terroristas atacaram uma igreja protestante próxima.

"Bashir deu a sua vida como sacrifício para salvar as vidas da comunidade", salientou o vigário da arquidiocese de Lahore, Francis Gulzar, num comunicado.

A diocese de Lahore abriu a causa da beatificação de Bashir em 2016, no primeiro aniversário do atentado terrorista.

 Em 31st Em Janeiro deste ano, segundo a Fides, o arcebispo de Lahore, Sebastian Shaw, anunciou que o Vaticano tinha dado luz verde para declarar Bashir um Servo de Deus. Este é, portanto, o primeiro passo para declarar aquele que poderia ser o primeiro santo da República Islâmica.

Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.