Leituras dominicais

"Ele chorou pela cidade amada". Domingo de Ramos

Andrea Mardegan comenta as leituras de Domingo de Ramos e Luis Herrera faz uma breve homilia em vídeo. 

Andrea Mardegan-7 de Abril de 2022-Tempo de leitura: 2 acta
Domingo de Ramos

Comentários sobre as leituras do Domingo de Ramos

Jesus preparou os seus de muitas maneiras para esses dias de Páscoa. Ao entrar em Jerusalém, chorou pela cidade amada que não se apercebeu que estava a ser visitada pelo Filho de Deus. Na Última Ceia expressou o seu ardente desejo de comer com eles uma Páscoa única, com doação total, em comunhão com eles. Ele pacientemente começa a corrigir uma vez mais a sua ânsia de serem os maiores entre eles. Ele antecipa a traição de Judas, e a negação e arrependimento de Pedro. Apesar das suas limitações e traições, Jesus renova a sua confiança: "...Jesus é aquele que lhes dá a força e a coragem para serem os maiores entre eles.Sois vós que perseverastes comigo nas minhas provações".. A Pedro: "E tu, quando fores convertido, confirma os teus irmãos".. Ele apoia-as com as profecias: o que está escrito deve ser cumprido em mim: "Ele foi contado entre os pecadores".

No relato da oração no jardim, Lucas prefere não nomear os três discípulos favoritos. Todos os apóstolos tentam rezar com Jesus e todos eles adormecem. Como bom médico e discípulo de Jesus, ele desculpa-os dizendo que isto aconteceu "por tristeza". Um anjo parece confortar Jesus, e a somatização do seu estado de espírito: "Ele irrompeu num suor como gotas de sangue que lhe caíram no rosto.íe para o chão". O Filho de Deus torna-se já um ponto de referência para cada pessoa na história que é traída por amigos e negada por irmãos, capturada, encarcerada, julgada e condenada. Lucas fala de espancamentos e zombarias daqueles que O têm sob custódia, mas não menciona a coroa de espinhos e flagelações. O interrogatório perante o Sinédrio é seguido do interrogatório perante Pilatos, e Lucas acrescenta, único entre os evangelistas, o terceiro interrogatório perante Herodes, ao qual Jesus se cala eloquentemente, e assim liga a morte de Jesus com a de João Baptista, seu precursor também nisto.

No caminho para o Calvário e na crucificação e morte na cruz, as personagens que interagem com ele, e que são convertidas pela sua cruz, são também protagonistas. As mulheres de Jerusalém, que batem nos seus seios: "Não chores por mim!". Simão de Cirene, que como bom e fiel portador da cruz "Atrás de Jesus. Os dois malfeitores fazem a viagem e são crucificados com ele. Destes, o primeiro a experimentar a eficácia salvadora da cruz é o bom ladrão. Os soldados zombaram dele, mas quando o centurião o viu morto, ele disse: "...o ladrão é o primeiro a experimentar o poder salvador da cruz.Realmente, este homem era justo".. A multidão que observava passivamente, agora vai-se embora batendo nos seus peitos. O Sinédrio provocou-o a descer da cruz, mas José, um deles, sendo bom e justo, pediu e obteve o corpo do Senhor e colocou-o num novo túmulo. Ao terceiro dia estará vazio para sempre, um sinal da ressurreição. 

A homilia sobre as leituras do Domingo de Ramos

O sacerdote Luis Herrera Campo oferece a sua nanomiliauma breve reflexão de um minuto para estas leituras.

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.
Banner publicitário
Banner publicitário