Vaticano

Papa diz que é um erro criar embriões de proveta e depois eliminá-los

O Papa dirigiu uma mensagem aos participantes do Congresso "O Revolução da Billings. 70 anos depois, do conhecimento da fertilidade e da medicina personalizada", que reúne centenas de pessoas na Universidade do Sacro Cuore.

Maria José Atienza-28 de Abril de 2023-Tempo de leitura: 2 acta
recém-nascidos billings

Sete décadas depois de os Drs. John e Evelyn Billings terem revelado o seu método natural de consciencialização da fertilidade, este método continua a ser "actual e estimulante". Estas são as palavras do Papa Francisco na sua mensagem aos professores de métodos naturais, médicos, psicólogos, estudantes e outros que se reuniram em Roma para um congresso nos dias 28 e 29 de Abril.

O objectivo da conferência era continuar a aprofundar as questões médico-científicas, o valor do conhecimento, a realidade preocupante da diminuição da natalidade e da infertilidade dos casais, bem como as propostas e experiências em matéria de formação e de diálogo intercultural e inter-religioso.

Novidades sobre o método Billings

Na mensagem que lhes dirigiu, o Papa sublinha que o método Billings "poderia parecer ultrapassado e menos fiável em comparação com a pretensa rapidez e segurança das intervenções farmacológicas. Na realidade, porém, o seu método continuou a revelar-se oportuno e estimulante, pois conduziu a uma reflexão séria sobre uma série de domínios essenciais. Entre eles, a necessidade de uma educação para o valor do corpo humano, uma visão integrada e holística da sexualidade humana, a capacidade de apreciar a fecundidade do amor mesmo quando ele não é fértil, a construção de uma cultura que acolha a vida e as formas de enfrentar o problema do colapso demográfico".

O Papa sublinhou "a ligação inseparável entre o sentido unitivo e o sentido procriativo do acto conjugal", tema central da encíclica. Humanae vitae e afirmou que "quando estes dois significados são conscientemente afirmados, a generosidade do amor nasce e se fortalece no coração dos cônjuges, dispondo-os a acolher uma nova vida. Sem isso, a experiência da sexualidade empobrece, reduz-se a sensações que logo se tornam auto-referenciais".

Não às "formas alternativas" de ter um filho

"O Método de facturaçãoA maternidade de substituição, como outras semelhantes, representa um dos meios mais adequados para realizar responsavelmente o desejo de se tornarem pais", continua o Papa na mensagem em que o pontífice acrescenta que "embora seja apropriado desejar legitimamente conceber com os conhecimentos científicos mais avançados e com as tecnologias que podem melhorar a fertilidade, é errado criar embriões de proveta e depois eliminá-los, comercializar gâmetas e recorrer à prática da maternidade de substituição".

Valor pastoral da sensibilização para a fertilidade

O Papa elogiou o trabalho do Centro de Estudos e Pesquisas para a Regulação Natural da Fertilidade, presente desde 1976 na Universidade Católica do Sacro CuoreO valor pastoral do conhecimento da fertilidade e dos métodos naturais "ajuda os casais a serem mais conscientes da sua vocação matrimonial e a testemunharem os valores evangélicos da sexualidade humana".

Sublinhou também a necessidade de uma verdadeira educação sexual para os jovens e os casais, "voltando ao grande livro da natureza, aprendendo a respeitar o valor do corpo e a geração da vida, com vista a experiências autênticas de amor conjugal".

Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.