Espanha

Apoio da Igreja a 4 milhões de pessoas na campanha Xtantos 2023

A Igreja em Espanha lança na segunda-feira a campanha Xtantos 2023 com o slogan "Por ellos, por ti, por tantos" (Para eles, para ti, para tantos), que encoraja a marcar a caixa da Igreja na declaração do imposto sobre o rendimento. Por detrás de cada "X" há uma história, representada este ano por cinco pessoas que encontraram ajuda na Igreja Católica: Ruth, Angela, Halyna, José e o Padre Ramón.

Francisco Otamendi-23 de Março de 2023-Tempo de leitura: 3 acta
xtantos

Apresentação da campanha Xtantos 2023 (Flickr / Conferencia Episcopal Española)

Ruth, Ángela, Halyna, José e o Padre Ramón representam quase quatro milhões de pessoas que a Igreja ajuda todos os anos em Espanha, através das paróquias e dos seus diferentes centros de beneficência e assistência. Em tempos de desespero e dificuldade, eles encontraram o apoio de que necessitavam. Em Xtantos.es pode ouvir um resumo da sua história.

Em suma, Ruth saiu do abuso graças ao "empurrão" que recebeu dos seus amigos na paróquia. Ángela, que protagoniza o cartaz principal, tem síndrome de Down e agora sente-se independente desde que vive num apartamento gerido pela igreja em Talavera de la Reina (Toledo). Halyna é ucraniana e teve de levar a sua filha e dois netos para escapar às bombas, e a Igreja deu-lhes uma nova vida em Espanha.

José passou pela prisão, a Legião, e acabou na construção, onde um acidente mudou a sua vida. Na paróquia, alimentaram-no e ele encontrou uma família e um lugar para viver. E Ramón é agora padre, mas viveu no mundo da droga até tentar cometer suicídio aos 17 anos de idade. O jovem padre que estava na sua paróquia deu-lhe a força para mudar.

Investimento de menos de 1 %

A campanha terá início na próxima segunda-feira, 27 de Março, alguns dias antes dos contribuintes poderem apresentar as suas declarações de imposto sobre o rendimento (o prazo abre-se a 11 de Abril). O encerramento da campanha coincidirá com o fim do período reservado pela Agência Fiscal, 30 de Junho, como o último dia para apresentar a declaração de imposto sobre os rendimentos, explicou o director da Secretariado para o Apoio da Igreja do Conferência Episcopal Espanhola (CEE), José María Albalad.

O EWC trabalhou no plano dos media para a campanha com a agência Universal Media (IPG Mediabrands), desenvolvida com o apoio da TBWA, e prevê um investimento de 2.777.594 euros, o que representa 0,87 % do montante angariado na campanha. campanha do ano passadoque ascendeu a mais de 320 milhões. Uma soma que permitirá "à Igreja enfrentar o aumento das necessidades sociais num contexto económico difícil", como salientou Fernando Giménez Barriocanal, vice-presidente para os Assuntos Económicos da CEE. 

José María Albalad salientou, em resposta a perguntas de jornalistas, que uma grande parte desta quantia é utilizada para apoiar o clero nas dioceses espanholas e para prestar assistência aos milhões de pessoas mais necessitadas. A contribuição que cada diocese recebe da dotação fiscal representa cerca de 22 % do orçamento total médio das dioceses.

Mais solidariedade do que inflação

"A solidariedade está a crescer mais do que a inflação", disse José María Albalad, apesar de, segundo fontes oficiais, a inflação anual estimada do IPC em Fevereiro de 2023 ser de 6,1 1TPR3T, de acordo com o principal indicador preparado pelo INE. O jornal Xtantos, que é publicado pelo departamento de Albalad e tem uma circulação de quase um milhão de exemplares, relata sobre este tema na sua manchete: "A inflação reaviva as filas de fome".

Há um mês, a CEE, na apresentação dos dados da campanha do Imposto sobre o Rendimento de 2022, que corresponde ao ano fiscal de 2021, a CEE registou um aumentar de mais de 8,5 % de declarações a favor da Igreja.

José María Albalad salientou que "Marcar o 'X' para a Igreja é uma decisão livre que não prejudica ninguém e não tem qualquer custo, porque não se cobra mais nem se reembolsa menos. É um exercício de democracia fiscal". Recordou também que "pode marcar as caixas para a Igreja Católica e, ao mesmo tempo, para outros fins sociais".

O autorFrancisco Otamendi

Leia mais
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.