Evangelização

Renovação paroquial. Milagros

Só haverá uma Nova Evangelização e só haverá renovação paroquial se estivermos dispostos a crer com uma fé capaz de fazer milagres.

Juan Luis Rascón Ors-8 de Março de 2021-Tempo de leitura: 2 acta

Foto: Joshua Lanzarini / Unsplash

Eles chamam-me à noite:

-Minha mãe está muito doente, ela está no hospital.

-Estarei aí mesmo.

Ele não era alguém que eu conhecesse, nunca o tinha visto em redor da igreja.

Ao chegar ao hospital encontro, como faço frequentemente, alguém que está inconsciente, em pré-agonia. Boca bem aberta, falta de ar, cor amarelada...

Dou-lhe a unção dos doentes e vou-me embora.

De manhã, o meu filho telefona-me. Para não lhe perguntar a que horas morreu a sua mãe, eu digo: Como está a sua mãe?

-Sentar-se na cama a pedir o pequeno-almoço.

Anos mais tarde, eram regulares na missa; eu ria-me com a mãe e o filho.

Foi um milagre.

Numa outra ocasião, um padre foi ungir alguém que estava em coma. Alguns dias mais tarde, fui ver o homem e estava a falar com ele. A sua esposa disse-lhe:

-Vejam, o padre que vos ungiu veio ver-vos.

-Não era ele", respondeu o cavalheiro. Foi outra pessoa.

Eu não conhecia nenhum de nós, mas ele sabia que não era eu, era outra pessoa.

Outro milagre.

Ouso dizer que para a nova evangelização e transformação pastoral da paróquia temos de acreditar com uma fé capaz de fazer milagres.

Quanta fé?

Como uma semente de mostarda.

Jesus não disse: "Àqueles que são muito santos Em meu nome expulsarão demónios, falarão com línguas novas, apoderar-se-ão de serpentes com as mãos, e se beberem veneno, não lhes fará mal; porão as mãos sobre os doentes e serão curados" (cf. Mc 16,17-18).

O que Jesus disse foi: "Para aqueles que acreditam acompanhará estes milagres...".

Jesus não disse: "Aqueles que acreditam serão acompanhados por estes milagres... mas apenas até à morte do último dos apóstolos"., o "...apenas até Constantino assinar o édito de Milão....". Jesus disse: "Àqueles que acreditam..." sempre.

Com quanta fé?

Como uma semente de mostarda.

Só haverá uma Nova Evangelização e só haverá renovação paroquial se estivermos dispostos a crer com uma fé capaz de fazer milagres.

Costumava colocar um cartaz e a igreja enchia-se para as conversações da Quaresma, agora as pessoas têm de ver milagres.

Porque é que as pessoas se reuniram à volta de Jesus?

Se Jesus tivesse dito "Vou lembrar-vos dos mandamentos" ou "Vou falar-vos da singularidade de Deus", teriam dito: "Já sabemos isso, é aborrecido".

Mas Jesus fez milagres.

"E a minha mensagem e a minha pregação não se basearam em palavras persuasivas de sabedoria, mas na manifestação do Espírito e do poder, para que a vossa fé não se baseie na sabedoria humana mas no poder de Deus", disse o Apóstolo Paulo (1 Cor 2,4).

O Poder de Deus.

Baseia a sua pregação na manifestação do Espírito e no poder de Deus? Baseia o seu ministério no poder de Deus? Prepara os fiéis para verem os milagres?

Quando as pessoas virem milagres, as igrejas estarão cheias, então não deixaremos de baptizar, de ouvir confissões, de dar catequese e formação, de elevar as vocações?

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.