Vaticano

O Papa Francisco sobre o exame de consciência

Hoje, quarta-feira 30 de Novembro, o Papa Francisco realizou a sua habitual audiência. Desde Agosto, o Santo Padre tem vindo a dirigir-se aos fiéis sobre o discernimento.

Paloma López Campos-30 de Novembro de 2022-Tempo de leitura: 2 acta
Audiência 30 de Novembro

O Papa Francisco saúda os fiéis perante a Audiência Geral (Foto: CNS Photo / Paul Haring)

Apesar do frio, o Papa Francisco voltou hoje ao pé do Basílica de São Pedro para reflectir sobre a carta de S. Paulo aos Filipenses. Ele começou a catequese colocando uma pergunta: "Qual é o significado da letra?Como reconhecer o conforto genuíno?" 

No "Exercícios Espirituais a partir de Santo Inácio de LoyolaO Papa salienta que podemos encontrar algumas chaves para podermos analisar este consolo, que é essencial para o discernimento. Uma destas chaves pode ser encontrada na análise dos nossos pensamentos. Depois de Santo Inácio, Francisco indicou que devemos notar o discurso dos nossos pensamentos, o início, os meios e o fim, tentando descobrir se eles são dirigidos para o bem ou se, pelo contrário, tiram a paz e a calma.

Não podemos usar boas inclinações, como o desejo de oração, para fugir às nossas responsabilidades; isso não é um pensamento nascido do bem, diz o Papa. "O oração não é uma fuga das nossas próprias tarefas, pelo contrário, é uma ajuda para realizar o bem que somos chamados a fazer, aqui e agora"..

"É necessário seguir o caminho dos bons sentimentos, da consolação."Desta forma, evitamos as tentações do diabo, "que existe".Francisco afirma enfaticamente. "O estilo do demónio é apresentar-se de forma dissimulada, dissimulada, parte do que está mais próximo do nosso coração e depois atrai-nos para si, pouco a pouco. O mal entra sorrateiramente, sem que a pessoa se aperceba disso"..

O Santo Padre encoraja "o exame paciente e indispensável da verdade e da origem dos próprios pensamentos".. O Papa insiste nesta análise dos corações e afirma que "Quanto mais nos conhecemos, mais nos damos conta de onde entra o espírito maligno.".

Francisco falou do exame de consciência individual que todos os cristãos devem fazer à noite, para ver "...qual é o significado da palavra "consciência"?o que aconteceu no coração". Diz o Papa, "Perceber o que está a acontecer é importante, é um sinal de que a graça de Deus está em acção em nós, ajudando-nos a crescer em liberdade e em consciência".

A reflexão do Papa concluiu convidando-nos, uma vez mais, a avançar na nossa compreensão de nós próprios, examinando as nossas consciências, e sabendo que O discernimento, de facto, não se concentra simplesmente no bem ou no bem mais elevado possível, mas no que é certo para mim aqui e agora"..

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.