Vaticano

Papa Francisco: "A perseverança é um reflexo do amor de Deus".

O Papa Francisco presidiu à Missa desta manhã na Basílica de São Pedro para o Sexto Dia Mundial do Pobre e depois dirigiu-se aos fiéis no seu tradicional discurso perante o Angelus.

Maria José Atienza-13 de Novembro de 2022-Tempo de leitura: < 1 acta
angelus

Foto: Praça de São Pedro no Angelus no domingo 13 de Novembro de 2022 ©vatican media

O Dia Mundial do Pobres, instituído em 2017 pelo Santo Padre, é um dos mais caros ao Papa Francisco, devido ao seu significado e unidade com uma das principais linhas do seu pontificado. Um dia cujo significado também esteve muito presente no discurso perante o Angelus.

Juntamente com os fiéis reunidos na Praça de S. Pedro, o Papa salientou como "o que realmente importa muitas vezes não coincide com o que atrai o nosso interesse: muitas vezes, como aquelas pessoas no templo, damos prioridade às obras das nossas mãos, às nossas realizações, às nossas tradições religiosas e civis, aos nossos símbolos sagrados e sociais. Estas coisas são importantes, mas acontecem", queria o Papa salientar.

Francisco quis salientar que "a perseverança é construir o bem todos os dias. Perseverar é permanecer constante em fazer o bem, especialmente quando a realidade envolvente nos impele a fazer outra coisa", referindo-se, como na homilia da missa anterior, a essa tentação de nos deixarmos desencorajar por circunstâncias aparentemente adversas.

O Papa encorajou um breve exame pessoal da nossa perseverança "Perguntemo-nos: como vai a minha perseverança: sou constante, ou vivo a fé, a justiça e a caridade de acordo com o momento, ou seja, se me apetece, rezo, se me convém, sou justo, prestável e atento, enquanto que se estou insatisfeito, se ninguém me agradece, deixo de o fazer? Em suma, a minha oração e o meu serviço dependem das circunstâncias ou de um coração firme no Senhor?" e concluiu o seu discurso afirmando que "a perseverança é o reflexo do amor de Deus no mundo, porque o amor de Deus é fiel, nunca muda".

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.