Espanha

Os milénios defendem a vida

Omnes-1 de Maio de 2018-Tempo de leitura: 2 acta

Mais de 500 associações e organizações estão a participar no dia para assinalar o Dia Internacional da Vida.

Texto - Fernando Serrano

"Os jovens preocupam-se com coisas importantes. Não é um problema de ideologias políticas, vem de dentro de nós."disse Marta Páramo, porta-voz do Yes to Life 2018 de Março, que teve lugar em Madrid no sábado 15 de Abril.

Esta defesa da vida a que Marta Páramo apela não é apenas para aqueles que ainda não nasceram, mas também "...".a dignidade de todas as pessoas, independentemente das suas capacidades físicas e intelectuais, deve ser mantida, uma vez que todas as pessoas contribuem para a vida dos outros e contribuem para a melhoria da sociedade.".

O presidente da Fundación Más Vida, Álvaro Ortega, sublinha que ".Os milénios estão a acordar, não queremos imitar a geração anterior. Defenderemos a vida desde o momento da concepção.".

Marta Páramo sublinha o papel fundamental dos jovens na sociedade actual e a necessidade de "...os jovens desempenharem um papel fundamental na sociedade actual".todos aqueles que estão empenhados na vida irão mostrá-la e mostrar o seu rosto, não só no dia da marcha, mas também na sua vida diária, defendendo a dignidade de todas as pessoas. Queremos tornar todos conscientes de que a vida é algo que realmente importa para nós. Nós, os jovens, estamos empenhados na sociedade em defesa da vida.".

O primeiro dos direitos

A presidente da Federação Espanhola de Associações Pró-Vida, Alicia Latorre, explicou que este evento procura defender o primeiro destes direitos: "A marcha celebrou o primeiro dos direitos humanos, que é o direito à vida.".

Neste apelo social a favor da vida, Latorre explicou que ".Procuramos o compromisso da ciência, dos políticos e da sociedade como um todo de não permitir que qualquer ser humano, de qualquer idade ou condição, seja destruído, subvalorizado ou comercializado".

Amaya Azcona, directora geral da Fundação REDMADRE, também apontou na mesma direcção: "A falta de protecção da vida na nossa legislação e a indiferença por parte da sociedade incitam-nos, por um lado, a manifestar publicamente a dignidade de toda a vida humana para além das suas capacidades e situações específicas e, por outro lado, a apelar a todos os actores envolvidos para que trabalhem em defesa da vida.".

Educar para abraçar o dom da vida

"Educar para abraçar o dom da vida"é o lema com que o Dia da Vida foi celebrado a 9 de Abril, a Solenidade da Anunciação do Senhor". A Subcomissão Episcopal para a Família e a Defesa da Vida da Conferência Episcopal recordou na sua mensagem que "o Magistério da Igreja convida-nos a receber o dom da vida, a tomar consciência dele. Não podemos tomá-la como certa, mas antes ponderar o seu significado e acolhê-la de forma responsável. Precisamos de reflectir sobre a vida como um presente, a fim de compreender como guiamos as nossas próprias vidas.".

Leia mais
Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Mais sobre Omnes
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.