Experiências

Bispo Juan del Río: "Os militares têm uma religiosidade natural inata".

Omnes-17 de Junho de 2016-Tempo de leitura: 2 acta

O Serviço de Assistência Religiosa às Forças Armadas Espanholas (SARFAS) celebrou o seu 25º aniversário. O Seminário Militar também celebrou o seu quinto aniversário a 18 de Abril. O arcebispo militar, Monsenhor Juan del Río, explica a tarefa específica do seu arcebispado de garantir assistência religiosa aos soldados, polícias e suas famílias.

Henry Carlier

No contexto do 25º aniversário da SARFAS e do Seminário Militar, teve lugar a 16 de Abril uma reunião emocionante no Arcebispado Militar, na qual participaram os reitores, formadores e sacerdotes que passaram pelo Seminário Militar durante os seus vinte e cinco anos de existência. O encontro prestou homenagem ao Cardeal José Manuel Estepa Llaurens, que estabeleceu o seminário militar e foi também um dos redactores da Constituição Apostólica do Arcebispado da Arquidiocese de Córdoba. Spirituali militum curae.

Esta Constituição, que regula o cuidado espiritual dos militares através dos ordinariatos militares, foi assinada por São João Paulo II a 21 de Abril de 1986.

A 17 de Abril, coincidindo com o Dia Mundial de Oração pelas Vocações, o Bispo del Río presidiu à ordenação de um novo sacerdote militar.

Falámos com o chefe desta circunscrição eclesiástica, o arcebispo Juan del Río, sobre SARFAS, o seminário militar e o peculiar trabalho pastoral realizado pelo arcebispado militar. Recebe-nos no seu gabinete na Calle del Nuncio, onde existe uma grande imagem da Macarena que aponta para o passado seviliano do arcebispo, confirmado pelo seu claro sotaque andaluz.

O que é exactamente SARFAS?
Este é o Serviço de Assistência Religiosa às Forças Armadas. Foi estabelecido pelo Decreto Real 1145 de 7 de Setembro de 1990 e implementa o acordo entre a Santa Sé e o Estado espanhol sobre assistência religiosa às Forças Armadas de 3 de Janeiro de 1979.

O arcebispado militar fornece a parte deste serviço que assiste religiosa e espiritualmente os membros católicos das Forças Armadas e da Polícia.

O que há de novo no SARFAS em comparação com a configuração do antigo corpo eclesiástico do exército?
-SARFAS é o fruto de um importante passo que foi dado em 1990 quando os antigos capelães do corpo eclesiástico, que eram então militares, mudaram para uma nova configuração. Enfatiza mais os aspectos pastorais do capelão militar e a presença da Igreja Católica nas Forças Armadas.

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Mais sobre Omnes
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.