Iniciativas

Caminito de Belén: Viver o Advento com a família

O que começou como uma peça de Natal em família numa grande família tornou-se uma iniciativa peculiar para viver o Advento em família ou em grupos de catequese. Atinge todas as partes do mundo e pode ser seguido através de redes sociais.

Maria José Atienza-2 de Dezembro de 2022-Tempo de leitura: 5 acta
camito belen

Foto: As personagens do Caminito de Belén ©Vitibujos

Víctor e Pilar celebraram 50 anos de casamento este ano. Este número é completado com os seus 10 filhos, 8 genros e 25 netos. Todos eles compõem a família López Antolín, que tem uma longa tradição de actuações natalícias. 

Como uma das filhas, Pilar, salienta, "O 'culpado' de tudo isto é a nossa mãe. Com a sua ingenuidade imparável e a sua ânsia em ajudar-nos a entrar no BelénTirou da bota das memórias velhos trajes, colchas, aquele poncho mexicano que o avô trouxe da sua lua-de-mel, trajes da festa de fim de ano escolar... tudo o que pudesse encontrar, e vestiu cada um de nós como uma personagem do Presépio, para imortalizar o momento na saudação de Natal. Natal.

E todas as noites o pai contava-nos uma história para dormir, na qual Victor, o irmão mais velho, se encontrava com o resto dos irmãos a caminho de Belém: Juaco, o pastor de futebol, Javier, o jardineiro, Ana, a leiteira... Era uma forma de nos ajudar a participar no Advento com imaginação. 

À medida que os anos foram passando, essas crianças cresceram "Cinquenta anos depois, nós os dez estamos dispersos entre Madrid, Saragoça, Paris, Londres e Melbourne".

Os López Antolín continuaram a criar as suas famílias, mas a memória dessas actuações natalícias sempre esteve presente.

A ideia do que é hoje Caminito de Belén nasceu entre os irmãos que partilham as mesmas memórias de Natal. Eles queriam reviver juntos essa mesma preparação natalícia. "Estamos também a levar a mensagem do Advento a muitas casas de uma forma gráfica".. "Estávamos a tentar encontrar um calendário de Advento o mais próximo possível da história que o meu pai nos contava. Surgiu-nos a ideia de fazer o nosso próprio calendário de advento. Se não conseguíssemos encontrar nada parecido, nós próprios o faríamos".Pilar reconta.

Assim, vários irmãos iniciaram um projecto no qual toda a família se envolveu: "Começámos a trabalhar. Víctor fez os desenhos enquanto Pilar escrevia as histórias. Muka foi responsável pela angariação de fundos, basicamente doações e empréstimos de (muitos!) amigos e familiares, e pela abertura de um perfil nas redes sociais. José foi o responsável pela criação do website e Gonzalo, um dos cunhados, editou alguns vídeos explicativos que se podem ver no nosso website. www.littlewaycaminito.com", apontar os irmãos López Antolín. 

As personagens de "Caminito de Belén".

Durante os meses de trabalho, os irmãos partilharam o progresso do projecto com as suas famílias. "Líamos o livro às crianças e, dependendo da sua reacção, modificávamo-lo...".. Além disso, aCada personagem tem o nome de um dos 25 sobrinhos e sobrinhas da nossa família: a estrela fala do meu sobrinho Wei, que tem síndrome de Down; Gonzo representa Gonzalito, que nasceu com 24 semanas num estado muito crítico e nos manteve acordados durante cinco meses; e as histórias do burro, da lavadeira e do padeiro falam de vocação, confissão e recepção de Jesus em comunhão, respectivamente".

Viver o Advento "na estrada".

Todos estes meses de trabalho resultaram no material que eles oferecem para viver o Advento: 

- um livro ilustrado em formato A4 com explicações dos símbolos do Natal, e 24 histórias, uma para cada dia do Advento, em honra das 24 histórias que o seu pai contou aos irmãos seguindo o calendário do Advento; 

-um livro para os membros mais jovens da família em formato A5;

-24 estatuetas do presépio de madeira;

-24 pequenos anjinhos de madeira para pendurar no Árvore de Natal;

-Uma lista variada de canções de Natal.

O conjunto do calendário do Advento está disponível em inglês e espanhol. Deste modo, através das histórias recolhidas no livro - ou aquelas que possam surgir graças à inventividade de crianças e adultos -, este caminho é gradualmente moldado com uma multiplicidade de personagens que transmitem diferentes ideias e virtudes com as quais se preparam para a chegada do Salvador. 

A fim de fazer o percurso até ao portal e desfrutar da viagem, existem algumas orientações simples que permitem a todos os peregrinos tirar o máximo partido da experiência. Durante a primeira fase, ler a história do dia. Tal como Victor, o pai, pode ser um dos pais que conta a história a toda a família, mas um dos mais novos também pode assumir a liderança. A segunda etapa, quando o ritmo da viagem tiver aumentado um pouco, é o momento de ir mais fundo e conhecer uma das personagens que acompanha os membros da peregrinação na aventura. Esta figura é a que introduz a próxima parte da viagem, na qual se convida a levar um dos anjinhos de madeira que vêm com os livros e a adicioná-lo à decoração da árvore de Natal, como outro companheiro de viagem e como sinal do propósito que pode ser vivido em cada dia do Advento. 

O último trecho, quando os peregrinos já podem começar a sentir o cansaço da viagem, é tempo de animar os espíritos cantando juntos canções de Natal, encorajando-os a continuar a sua viagem. Durante os momentos de descanso, as crianças em peregrinação podem conhecer um pouco melhor os seus companheiros com as folhas de colorir que estão disponíveis no website.

Como eles se destacam nesta família, "O objectivo do calendário do Advento é que tanto jovens como velhos se identifiquem com as personagens do Presépio". Estas personagens são complementadas com pensamentos e histórias que as famílias podem seguir no Instagram (@littlewaycaminito) ou no Facebook (littlewaycaminito). Há também uma série de folhas para descarregar para os mais pequenos colorirem.

Uma iniciativa de solidariedade

O Caminito de Belén é também complementado por um aspecto de solidariedade, uma vez que o 10% dos lucros do calendário é destinado a ajudar as crianças e famílias de Cañada Real a escapar à exclusão social e à pobreza através do Projecto Capicúa. Este projecto tem três iniciativas em curso:

-apoio escolar e alfabetização, para ajudar as crianças de La Cañada no seu processo de aprendizagem e incorporação na sociedade;

-O objectivo é incutir valores humanos e devolver-lhes um sorriso no rosto, através de actividades ao ar livre, oficinas de artesanato e música;

apoio às famílias, através de contribuições pontuais para cobrir necessidades básicas e através de negociações com a administração para regularizar a sua situação. A família López Antolín conclui Chama-se "Pequeno Caminho de Belém" porque o Advento é uma pequena maneira (como a história do nosso pai) de limpar a manjedoura do nosso coração para receber o Menino Jesus. As crianças adoram lê-lo e seguir as histórias, e todos os dias são convidadas a dar um presente a Jesus, e ao fazê-lo colocam um pequeno anjo de madeira na árvore de Natal. Quando o dia 24 de Dezembro chegar, estamos todos prontos e o berço e os nossos corações estão limpos: foi o que aprendemos com os nossos pais e o que tentamos transmitir com entusiasmo aos nossos filhos.

Em colaboração com
Quer notícias independentes, verdadeiras e relevantes?

Caro leitor, Omnes relata com rigor e profundidade sobre assuntos religiosos actuais. Fazemos um trabalho de investigação que permite ao leitor adquirir critérios sobre os eventos e histórias que acontecem na esfera católica e na Igreja. Temos assinaturas de estrelas e correspondentes em Roma que nos ajudam a fazer sobressair a informação de fundo do ruído dos meios de comunicação, com distância ideológica e independência.

Precisamos de si para enfrentar os novos desafios de um panorama mediático em mudança e de uma realidade que exige reflexão, precisamos do seu apoio.

Em colaboração com
Mais sobre Omnes
Boletim informativo La Brújula Deixe-nos o seu e-mail e receba todas as semanas as últimas notícias curadas com um ponto de vista católico.